New Holland Convida aborda a transformação feminina no segmento de construção

Gaúcha Bia Kern fala sobre projeto que insere mulheres na construção civil. Foto: Bruno Freitas

Outubro, 2021 – Construindo junto e com transparência, a New Holland Construction entende bem a importância da diversidade no mercado de trabalho. Durante o Outubro Rosa, movimento internacional de conscientização sobre o controle do câncer de mama, a marca da CNH Industrial aborda no segundo episódio da série New Holland Convida a transformação feminina no segmento de construção.

A série de bate-papos com especialistas recebe a fundadora da ONG Mulher em Construção, de Canoas (RS), Bia Kern, que promove a inclusão e a capacitação de mulheres para o mercado de trabalho, por meio de cursos, workshops e oficinas gratuitas. Com a presença da vice-presidente da New Holland Construction para a América do Sul, Paula Araújo, e o diretor Comercial da marca, Marcelino Baião, o episódio já está no ar nas redes sociais.

Em dez anos, o Ministério do Trabalho e Emprego estima que a absorção de mulheres na construção cresceu quase 50% no Brasil. Isso significa que mais de 200 mil pessoas do sexo feminino já trabalham no setor.

“A essência do nosso trabalho começou lá atrás, com minha mãe fazendo os consertos na própria casa. Quando cheguei no serviço público vi que não havia processos para as mulheres que realmente precisavam trabalhar, não tinham formação e eram chefes de família. Sempre fui muito preocupada com isso. Porque não na construção civil?”, conta Kern.

Da primeira oficina até hoje, a Mulher em Construção já atendeu mais de 5 mil mulheres, provando que elas são capazes de ir muito além em um meio predominantemente masculino. Segundo Kern, assim que entendem o mercado as mulheres se colocam a disposição para mudar a própria vida, transformando propostas, pensamentos e conceitos. “Descobrimos que aos poucos abrimos um mercado para que os empresários acolham a mulher. O mercado é para todos, para fazer realmente um mundo melhor”.

Diversidade e inclusão no mercado

Marcelino Baião reforça que a diversidade é um dos pilares da CNH Industrial, onde trabalha há 28 anos. Para o diretor comercial da New Holland Construction, ao falar de inclusão também é importante capacitar os profissionais para os desafios da nova jornada. “Quando falamos de inclusão, sabemos que passa pela capacitação. Aqui temos uma vivência muito tranquila porque a empresa incluiu isso como valor há muito tempo. Um desafio muito grande”, pondera.

Neste contexto, Paula Araújo reforça a importância do projeto desempenhado pela ONG, contribuindo positivamente para transformar a vida de milhares de famílias. “Este é um projeto muito importante. Parabenizo a Bia por sua atuação e pela significativa relevância, não só promovendo o mercado, como também impactando a vida das mulheres”.

Saiba mais sobre o trabalho da Mulher em Construção em:

https://www.mulheremconstrucao.org.br/

Este informação foi útil para você?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest