Máquina de vendas: como construir uma para o seu negócio

Crescer dentro do mercado imobiliário pode ser desafiador. Entre tantos bons players e oscilações econômicas, você acaba encontrando dificuldades para aumentar sua margem de lucros e gerar mais vendas. A máquina de vendas pode ser a solução para seus problemas, e nós vamos te explicar por quê.

Através do uso de metodologias coesas, a máquina de vendas é o modelo de negócios que busca impulsionar o crescimento interno e revolucionar seu processo de vendas. Todavia, aplicar a técnica exige bastante estudo e atenção aos detalhes.

No artigo de hoje, falaremos sobre o conceito de Máquina de Vendas. Aqui, você aprenderá tudo sobre a definição e como aplicá-la dentro da sua empresa do mercado imobiliário. Está animado para saber mais? Acompanhe com a gente!

O que é uma máquina de vendas?

Por definição, Máquina de Vendas é um modelo de negócio que faz uso de boas metodologias para criar um organismo empresarial com escalabilidade. Ou seja, uma máquina de vendas é uma empresa que não para de crescer.

Mas escalabilidade não é a única característica de uma máquina de vendas. Ela também busca otimizar a previsibilidade e lucratividade dos negócios internos, com o objetivo de conquistar novos patamares de venda por meio da captação e retenção de um maior número de leads.

Sendo assim, podemos dizer que os três objetivos primários de uma máquina de vendas são:

  • Escalabilidade: capacidade de escalar no mercado e crescer constantemente;
  • Previsibilidade: capacidade de prever situações e antecipar diferentes cenários;
  • Lucratividade: capacidade de gerar receita para a empresa.

Escalabilidade e Máquina de Vendas: como os conceitos se interligam?

Primeiramente, é importante pontuar que nós não estamos falando de conceitos sinônimos: máquina de vendas e escalabilidade não são a mesma coisa. No entanto, elas são as melhores amigas do desenvolvimento da sua empresa e, juntas, podem mudar o rumo das suas vendas.

Como você pôde ver acima, a escalabilidade é o poder de crescimento de uma empresa. Isso significa, resumidamente, que uma empresa escalável é aquela que consegue estar sempre numa crescente.

Através do planejamento empresarial estratégico proposto pelo modelo de máquina de vendas, é possível tornar uma organização escalável e muito mais rentável, com uma boa receita e gastos menores.

Quais os benefícios da máquina de vendas para sua empresa?

Conforme analisamos os 3 pilares da máquina de vendas, percebemos sua relevância para o mercado. Afinal de contas, com ela, sua organização tem mais oportunidades de desenvolvimento dentro do setor e, consequentemente, mais chances de se destacar.

Mas quais são os principais benefícios de uma máquina de vendas para sua empresa imobiliária? Bem, é isso que veremos a seguir:

Maior adaptação

O modelo de máquina de vendas trabalha através da criação de planejamentos empresariais estratégicos. Ou seja, a base da sua concepção é a criação de um plano que contemple diferentes estratégias com o objetivo primário de tornar a empresa escalável.

Dessa forma, a máquina de vendas gera maior adaptação da sua organização ao mercado. Ao lidar diretamente com planejamentos executáveis e coerentes, você acaba descobrindo novas tendências do mercado imobiliário e, com isso, cria uma maior capacidade de adaptação a ele.

Mais conhecimento de mercado

Como dissemos anteriormente, o desenvolvimento de uma máquina de vendas acaba gerando muito conhecimento sobre o próprio setor. Assim, você pode descobrir novas técnicas, principais metodologias de venda em voga e muito mais.

Esse conhecimento de mercado também se aplica a seus leads, principal foco da máquina de vendas. Conhecendo o setor, você também desenvolve uma sensibilidade maior para compreender o cliente, suas necessidades e diferentes jornadas de compra.

Aumento das vendas

Certamente, se o grande objetivo da máquina de compras é a geração de escalabilidade, o aumento de transações e lucro deve ser destacado. Ao escalar os negócios da sua empresa, você abre margem para o aumento das vendas e, por fim, acaba gerando muito mais lucro. E isso se deve à eficiência do modelo de máquina de vendas.

Mais conhecimento de marca

O aumento de vendas e lucro sempre aponta para um melhor conhecimento de marca, mas o que isso significa?

Conhecimento de marca é a capacidade de pessoas olharem para sua marca e conhecê-la pelo que ela oferece: sendo assim, o conhecimento de marca é basicamente o seu “medidor de fama” dentro do mercado.

A máquina de vendas atua de forma que você se torne cada vez mais conhecido no nicho em que atua. E, com foco e aplicação de metodologias eficientes, você pode também abranger seu espaço de atuação e se tornar conhecido para além do seu segmento.

Como desenvolver sua própria máquina de vendas?

Agora que você já conhece a definição, os pilares e os maiores benefícios da máquina de vendas, vamos aprender como começar a desenvolver sua estrutura própria. Está preparado para descobrir? Vamos lá!

Tenha um planejamento

Até agora, nós falamos bastante sobre planejamento empresarial estratégico, e isso acontece por um motivo. É impossível construir uma máquina de vendas sem o apoio de um planejamento bem estruturado.

Com ele, você define todos os pontos de contato com seu cliente, da captação à conversão, e aposta em estratégias específicas que podem beneficiar sua empresa. Dentre elas, existem:

  • Criação de site e blog;
  • Uso do marketing de conteúdo;
  • Definição de canais de contato;
  • Utilização de plataformas e ferramentas;
  • Aplicação do marketing de relacionamento.

Cada uma dessas possibilidades pode entrar no seu planejamento. O importante é que as medidas sejam aplicadas, atualizadas com frequência e metrificadas. Assim, você fica a par dos resultados obtidos e descobre novas possibilidades.

Colete novos leads

Uma vez elaborado o seu planejamento, partimos para a coleta de leads.

Você deve se lembrar que falamos sobre a captação e retenção de leads ser um dos grandes focos da máquina de vendas. O que acontece é que esses leads são oportunidades de negócio e, quanto mais leads sua empresa qualificar, maiores são as chances de fechar negócio.

Por isso, aposte na captação e qualificação de leads por toda a sua jornada de venda.

Crie um processo comercial

O seu processo comercial define uma base para o ciclo de compras do seu consumidor. Portanto, é importante que ele seja coerente e o mais eficiente possível, buscando sempre encaminhar o seu consumidor e dar a ele a experiência mais completa.

Um processo comercial muito utilizado no mercado imobiliário é aquele pautado no Funil de Vendas Imobiliário. Com topo, meio e fundo, a jornada se subdivide conforme as etapas de qualificação do cliente, podendo contemplar do pré ao pós-venda.

Avalie diferentes métricas

Métricas são uma parte-chave do corpo empresarial. Todos os esforços da empresa devem ser estudados e analisados, buscando sempre a melhora e a otimização de processos internos. Para tanto, procure elaborar relatórios para cada um de seus times e processá-los com certa frequência, destacando pontos positivos e negativos.

Treine suas equipes

Que diferença uma equipe capacitada pode fazer, não é mesmo?

Treinar seus colaboradores é essencial se você busca crescimento na sua máquina de vendas, porque é esse treinamento que os preparará para elaborar e executar um planejamento de peso.

É importante que todas as equipes recebam o treinamento adequado. Tanto aquelas encarregadas do acompanhamento de leads quanto as que fazem a venda acontecer, todos os times devem estar em sincronia para assegurar a escalabilidade do negócio.

Tenha ferramentas de gestão

Finalmente, chegamos à nossa última dica para montar sua máquina de vendas: o uso das plataformas de gestão. Certo, mas por que utilizá-las?

A resposta é simples demais! As plataformas de gestão administram seus pontos de contato com o cliente, bem como gerenciam seu processo comercial e automatizam diferentes tarefas. Por isso, são um braço direito na criação de uma máquina de vendas para o mercado imobiliário.

Ferramentas como o CRM, por exemplo, possibilitam a criação e o acompanhamento de um funil de vendas. Isso, junto a outras soluções que a plataforma oferece, te ajuda a gerar muito mais leads e metrificar cada uma de suas ações, favorecendo a criação de uma organização focada no crescimento e no impulsionamento do sucesso.

Conclusão

Hoje, pudemos desbravar um pouco mais do universo das máquinas de vendas. Agora, entendemos seu conceito, seus benefícios e, especialmente, como começar a desenvolvê-la dentro das nossas empresas.

O mercado imobiliário é cheio de novidades, e a máquina de vendas é apenas uma delas. Entendendo melhor sobre o processo, você pode criar uma empresa mais rentável, lucrativa e previsível. E aí, vai ficar de fora?

Se você gostou do artigo, não deixe de compartilhá-lo com seus gestores e colaboradores!

Você sabia que o Construtor de Vendas é parceiro Sienge?

O CRM mais completo do mercado imobiliário se juntou ao ERP apaixonado por construção civil. Contando com as soluções de prospecção, venda, relacionamento, gerenciamento e integração, o CV te permite ter um panorama completo da sua incorporadora na tela do computador.

Da prospecção de leads ao pós-venda, você garante otimização e agilidade na gestão comercial. Quer conhecer mais? Descubra o site do Construtor de Vendas.

Pra saber sobre o mercado imobiliário, gestão de vendas e outros assuntos atuais, continue acompanhando o blog Sienge ou confira o Blog do CV e nos siga no Instagram!

Veja mais!

CRM: Como impactar positivamente a operação de vendas nas construtoras

Vendas no Mercado da Construção Civil

Este informação foi útil para você?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest