Ata da Terceira Assembléia Geral da ASAEE

ATA DA TERCEIRA ASSEMBLÉIA GERAL DA
ASSOCIAÇÃO SUL AMERICANA DE ENGENHARIA ESTRUTURAL


 
Faça Download do PDF da Ata  pdficon_large    get_adobe_reader 
  

 

           Às vinte horas do dia dezenove do mês de setembro de mil novecentos e noventa e cinco, reuniram-se em Assembléia Geral os membros da Associação Sul Americana de Engenharia Estrutural, na sala “Los Lapachos”, no piso térreo do Grand Hotel del Tucumán, situado na Av. Soldati 380, San Miguel de Tucumán, República Argentina.

           A Mesa Diretora da Assembléia estava formada pelo Conselho Executivo da Associação Sul Americana de Engenharia Estrutural composto pelo presidente Eng. Arturo Bignoli, pelo vice-presidente, Eng. Dario Lauro Klein, pelos presidentes das Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural: Eng. Gerardo Rodríguez (Uruguai’93), Eng. Rodolfo F.Danesi (Argentina’95) e Enga Helena Carmo Antunes (Brasil’97), e pelo Secretário Geral da Associação Sul Americana de Engenharia Estrutural, Eng. Jorge Daniel Riera.

           O Eng. Jorge Daniel Riera propôs a aprovação da ordem do dia, que seria composta pela:  prestação de contas do período 93-95;  pela eleição do presidente e vice-presidente para o período 95-97 e pela escolha da sede das Jornadas para o ano de mil novecentos e noventa e nove.  A ordem do dia foi aprovada por unanimidade.  O Eng. Dario Lauro Klein apresentou a prestação de contas do período 93-95.  O Eng. Juan Carlos Reimundin propôs a aprovação da prestação de contas, o que teve apoio unânime dos presentes à Assembléia.  A palavra voltou, então, para o Eng. Jorge Daniel Riera para coordenar a eleição do presidente e vice-presidente da Associação Sul Americana de Engenharia Estrutural para o período 95-97.  A arquiteta Graciana Parodi propôs que o Eng. Dario Klein fosse escolhido como presidente da Associação.  A proposta foi apoiada pelo Eng. Juan Carlos Reimundin e pelo Eng. Gerardo Rodriguez.  Esta proposta foi, então, submetida à Assembléia, que a aprovou por unanimidade.  Passou-se, então, à eleição do vice-presidente.  O Eng. Arturo Bignoli propôs o nome do Eng. Rodolfo G. Saragoni para ocupar a vice-presidência.  Submetida à Assembléia, a proposta também foi aprovada por unanimidade. 

             Seguiu-se, então, a escolha da sede para as Jornadas para mil novecentos e noventa e nove.  O Eng. Rodolfo G. Saragoni propôs que estas Jornadas fossem realizadas no Chile, organizadas pela Universidade de Concepción.  O Eng. Guilherme Salles de Melo propôs, que na próxima vez que as Jornadas fossem realizadas no Brasil, após São Carlos (1997), a sede fosse Brasília.  O Eng. Gian Mário Giuliano apoiou a proposta do Eng. Rodolfo G. Saragoni.  Outros membros presentes manifestaram apoio a escolha do Chile.  O Eng. Mauro Augusto Demarzo manifestou interesse da UNICAMP, Campinas, Brasil, de organizar uma futura edição das Jornadas.  Colocado em votação, foi aprovado por unanimidade que as Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural de mil novecentos e noventa e nove deverão ser realizadas no Chile, organizadas pela Universidade de Concepción, tendo como presidente o Eng. Gian Mário Giuliano.

             O Eng. Arturo Bignoli solicitou que o Eng. Gian Mário Giuliano, recém escolhido presidente das Jornadas de mil novecentos e noventa e nove, passasse a integrar a Mesa Diretora da Assembléia.  O Eng. Arturo Bignoli manifestou o seu desejo que no ano dois mil, fosse realizada uma edição Especial Comemorativa dos Cinqüenta Anos das Jornadas.  Este evento seria em homenagem à memória do Eng. Júlio Ricaldoni e poderia coincidir com a realização das Jornadas Argentinas de Engenharia Estrutural, em Buenos Aires, Argentina, a serem realizadas naquele ano.  O Eng. Gerardo Rodríguez colocou que Montevidéu, Uruguai, poderia ser a sede deste evento, repetindo o local da primeira edição das Jornadas.  O Eng. Jorge Daniel Riera propôs que a definição do local deste evento fosse decidido nas Jornadas de São Carlos, Brasil (1997).  O Eng. Joaquim Blessmann apoiou esta proposição e sugeriu que este evento fosse chamado de Jornadas Júlio Ricaldoni – Comemorativa dos Cinqüenta Anos das Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural.  

             Após manifestações de alguns dos presentes, o Eng. Rodolfo F. Danesi propôs que a Assembléia aprovasse que os cinqüenta anos de realização das Jornadas deveriam ser comemorados com um evento especial e que outros detalhes deste evento deveriam ser definidos por ocasião das Jornadas de São Carlos, Brasil (1997).  Esta proposta foi aprovada por unanimidade.

             A seguir, a Assembléia decidiu homologar, a decisão do Conselho Executivo, de cobrar US$ 25.00 (vinte e cinco dólares americanos) de quota de contribuição dos associados pelo período 95-97.  O Eng. Arturo Bignoli manifestou, então, a sua satisfação pela colaboração obtida no período que esteve na presidência da Associação Sul-Americana de Engenharia Estrutural e declarou encerrada a Assembléia, da qual para constar e para os devidos fins, foi lavrada a presente ata.


Leave a Reply

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline